O que pode mudar em sua vida se você acordar duas horas mais cedo?

O que pode mudar em sua vida se você acordar duas horas mais cedo?

O que pode mudar em sua vida se você acordar duas horas mais cedo?

A ideia é ter um tempo do dia no qual não exista pressão e expectativas de outras pessoas para aprimorar foco e pensamento criativo

“Deus ajuda quem cedo madruga”, diz o ditado popular. Para saber se isso é verdade, a escritora da Fast Company Rachel Gillet resolveu fazer uma experiência: acordar duas horas mais cedo, que, segundo seus leitores, era “exageradamente cedo”.

Para Gillet, a ideia era ter um tempo do dia no qual não existissem pressão e expectativas de outras pessoas, para, assim, aprimorar seu foco e pensamento criativo.

Veja o que Rachel Gillet aprendeu com essa experiência (e o que você pode aprender também):

Recompensas:

– Foco

Essa foi uma das principais recompensas para Gillet. “Um dos meus principais objetivos era focar em uma coisa importante para mim, minha saúde. Com tanto do meu dia devotado ao trabalho, é fácil deixar exercícios físicos para trás. Ao acordar cedo, eu me permiti focar no que considero mais importante para meu bem estar e renegar os cuidados que preciso ter com minha saúde”, escreveu ela.

– Criatividade

No começo do dia você pode se sentir sonolento, mas seu auge mental vai bater no mesmo horário em que você estará chegando ao trabalho. Pensamentos vão chegar rapidamente ao seu cérebro e fazer suas ideias fluírem melhor.

Desafios

– Leve seu parceiro em conta

A experiência não foi só flores. Acordar bem mais cedo que seu parceiro, por exemplo, requer preparação. “Por exemplo, eu deixava tudo que fosse usar do lado de fora do quarto, para poder ficar pronta da sala. Também deixei meu telefone embaixo do travesseiro no menor volume possível para o alarme”, conta Gillet.

– Sair de casa é mais difícil do que parece

“Você pode se distrair com diversas coisas quando tudo que você mais quer é continuar na cama um pouco mais. Então, sair de casa já é metade da batalha. E isso quando eu já estava de pé, porque quase sempre me via pensando: ‘O que são mais cinco minutos? Ninguém vai notar'”, revela a escritora.

O que Rachel retirou da experiência? “Silêncio, tempo para estudar e para escrever e saúde”, contou.

 

Fonte: Administradores

Share this post


Watch Dragon ball super