Diagrama de Ishikawa: espinha de peixe ajudando sua startup

Diagrama de Ishikawa: espinha de peixe ajudando sua startup

 O diagrama de Ishikawa identifica possíveis causas para os problemas ou efeitos, em seu processo de produção

 

 

 

Conhecido popularmente como espinha de peixe, o diagrama de causa e efeito surgiu na década de 40 desenvolvida por Kaoru Ishikawa, como uma ferramenta com objetivo de identificar problemas no processo de produção de um produto. Já muitas décadas depois, a espinha de peixe ainda é uma das ferramentas mais utilizadas por empresas no mundo todo! Seu uso não se limita, entretanto, apenas às linhas de produção industrial e pode te ajudar a entender sua startup de acordo com a análise dos processos utilizados para alcançar os objetivos desejados.

O diagrama de Ishikawa identifica possíveis causas para os problemas ou efeitos, em seu processo de produção. Você pode usar a espinha de peixe na sua startup para entender os fatores que determinam os resultados que você deseja obter, e para, analisar as causas de problemas a serem evitados.

A espinha de peixe tem sua divisão baseada em causas primárias, que podem ser elas, os 6 M’s, ou 4 P’s, entre outras. Onde podemos identificar as causas dos problemas analisando o todo. São esses dois tipos de causas primárias:

6 M’s:

  • Método: da forma de execução do trabalho, de processos incorretos ou aplicados indevidamente.
  • Material: toda causa proveniente do material usado, na matéria-prima.
  • Máquina: causa que envolva a máquina, como ajustes incorretos ou defeitos mecânicos e elétricos.
  • Meio Ambiente: além dos fatores climáticos, agrega também situações políticas e de mercado que podem causar problemas.
  • Medição: avaliações feitas de forma incorreta e levantamento de dados impreciso.
  • Mão de obra: toda causa que envolva a ação de um colaborador.

4 P’s:

Os 4p’s são as causas primárias mais indicadas para efeitos de gestão, sendo: Políticas, procedimentos, pessoal e planta. A partir dessas causas primárias definimos as subcausas do efeito.

Aplicando a espinha de peixe em sua startup

Para montar seu diagrama primeiramente você deve definir o problema a ser analisado, ou o resultado esperado. Trace uma linha horizontal e escreva o resultado esperado no fim desta linha. Analise todo o processo necessário até o resultado final; analise como, e, por quem o processo ou cada etapa dele é desenvolvido.

Para identificar as causas precisa-se, de um bom brainstorming, levantando as possíveis razões a serem discutidas e analisadas. Organize as informações obtidas nas reuniões de brainstorming, se possível documente-as, para uma futura analise de evolução. Com as informações das possíveis causas definidas, defina as causas primárias.

Mantenha a hierarquia das causas, eliminando informações que não sejam relevantes à análise das causas.

Agora você já pode visualizar os fatores mais importantes que influenciam no resultado desejado por sua startup.

Pontos positivos para sua startup

Com as reuniões de brainstorming, todos sentirão que são importantes no processo de solução do problema, todos os envolvidos podem ter uma visão diferente do processo e poderão propor soluções que sejam mais eficazes e inovadoras. Essas discussões das causas ajudam a melhorar a comunicação na startup e nos grupos de trabalho. Entendendo as causas dos efeitos você poderá visualizar as melhores ações a serem tomadas.

 

Fonte: Administradores

Share this post


Watch Dragon ball super